' width='100%'/>
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

PARAÍBA

Paraibana de Monteiro é eleita a segunda melhor árbitra do mundo.
A paraibana atua no futsal paulista e participou da última Copa do Mundo da Fifa, realizada em novembro do ano passado, na Tailândia .
  • Renata Leitte

  • Renata Leitte
    Na última quarta-feira (30), mais uma grande notícia para o futsal brasileiro foi divulgada. Na categoria melhores árbitros do mundo, a brasileira Renata Leite ficou na segunda colocação na tradicional premiação intitulada 'AGLA Futsal Awards 2012', promovida pelo site Futsal Planet, referência na modalidade. O grande vencedor foi o espanhol Fernando Gutierrez Lumbreras, que venceu pelo segundo ano consecutivo.

    A paraibana atua no futsal paulista e participou da última Copa do Mundo da Fifa, realizada em novembro do ano passado, na Tailândia. E, como ela mesma disse, a honra de ganhar um prêmio desses é muito grande. "Ser a única mulher entre os dez árbitros indicados e a única entre os 39 profissionais de arbitragem na Copa é um grande feito. Sinal de que o trabalho feito nos últimos anos está rendendo", falou.

    Renata Leite também confessou que conheceu Fernando Gutierrez durante o último Mundial e, assim, sabe que não há nenhum motivo para se lamentar de ter ficado atrás dele. "Assisti aos jogos em que ele apitou e aprendi a admirá-lo. Ele fez um excelente trabalho, e só não apitou a final, pois seu país iria disputá-lo. Foi extremamente merecido", elogiou.

    A árbitra do Brasil ainda ressaltou a importância de um site realizar uma premiação como essa, principalmente para divulgar uma modalidade que ainda não tem o devido espaço na mídia e no mundo dos esportes. E Renata ainda confessou que sonha apitar uma Copa do Mundo de futsal feminino. "Espero que a entidade máxima do futebol e do futsal, a Fifa, olhe mais por esta modalidade", frisou.

    Ainda restam os resultados de outras categorias da premiação para serem divulgados e em todas elas há brasileiros concorrendo. Até agora, a ala Vanessa, do Unochapecó e da Seleção Brasileira, ganhou o prêmio de melhor jogadora de futsal do mundo e o Tiago, também da Seleção, ficou em segundo lugar entre os melhores goleiros do planeta.

    QUEM É RENATA LEITE

    Renata Leite nasceu em Monteiro, na Paraíba, em 14 de maio de 1976. É filha de Solange Carmen Neves Leite e Valdemir Leite, e tem dois irmãos. Claudemir Neves Leite, funcionário do Banco do Brasil e bacharel em Direito, e Úrsula Patrícia Neves leite, psicóloga.

    Renata é bacharelada em Administração de Empresas.

    Formou-se árbitra de futsal em 1998, árbitra de beach soccer em 1999 e árbitra de futebol de campo em 2001. Embora sua especialidade seja futsal.

    Em 2007 entrou para o quadro da FIFA de árbitros de Futsal.

    da redação do portal correio.



    Ricardo assina contrato de R$ 689 milhões e destaca investimento em rodovias.

    Na solenidade ocorrida nesta manhã, no Palácio da Redenção, o governador destacou os investimentos na infraestrutura do Estado, a exemplo de recursos destinados a adutoras e estradas.


     
    Portal Correio
    Solenidade no Palácio da Redenção
    O governador Ricardo Coutinho e o diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guilherme Narciso de Lacerda, assinaram, nesta quarta-feira (30), contrato, no valor de R$ 689 milhões, do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste).

    Na solenidade ocorrida nesta manhã, no Palácio da Redenção, o governador destacou os investimentos na infraestrutura do Estado, a exemplo de recursos destinados a adutoras e estradas. “São recursos que sai de uma condição de 23% dos seus municípios isolados sem asfalto para todo Estado com acessos”, disse.

    Outro investimento frisado por Ricardo Coutinho foi à liberação de verba para construção de açudes espalhados por toda a Paraíba e o montante de R$ 45 milhões “para quitar hospitais e concluir alguns deles, incluído o Hospital Metropolitano de Santa Rita”.

    Durante a solenidade, o secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Gustavo Nogueira, que coordena as operações de crédito realizadas entre o BNDES e o Governo, disse que o programa beneficiará a população de todo o Estado. Segundo ele, a verba será aplicada nas áreas de saúde, saneamento e abastecimento de água, habitação popular, segurança pública, infraestrutura de transporte intermodal e no fortalecimento da infraestrutura hídrica.

    O secretário detalhou em que áreas os R$ 689 milhões serão usados. Conforme informou, R$ 45 milhões serão destinados a saúde; R$ 40 milhões para saneamento e abastecimento; R$ 50 milhões para casas e moradias; R$ 30 milhões para segurança; R$ 35 mi pra infraestrutura hídricas; R$ 245 mi para rodovias; e R$ 235 milhões para obras diversas, como a construção do canal do Bodocongó a finalização do Centro de Convenções de João Pessoa.

    Na ocasião, o governador esclareceu que a Paraíba “ainda tem grande margem para endividamento” e que os recursos obtidos nesse ‘pacote’ não comprometera as contas do Estado. “A Paraíba só consumiu um terço do que pode, ou seja, a Paraíba ainda tem dois terço para contrair em financiamento”, garantiu.

    Além do governador, do diretor do BNDES e do secretário Gustavo Nogueira, a mesa na solenidade; o vice-governador, Rômulo Gouveia, o procurador geral do Estado, Oswaldo Trigueiro; o líder da bancada da situação na Assembleia Legislativa, deputado Hervázio Bezerra; e o Chefe do Governo do Estado, Adriano Galdino.



    ▲ Ir para Topo